Um olhar diferente

A pressa é inimiga da perfeição e da apuração da notícia. Por isso mesmo, na semana passada ganhou mais uma vez um destacado espaço na mídia local a notícia de que Teresina está entre as cidades mais violentas do mundo, resultado de um ranking elaborado pela ONG mexicana Seguridad, Justicia y Paz. O que não se disse é que essa lista mostra é uma substancial queda no índice de violência na capital do Piauí. Isso porque desde 2015, Teresina frequenta essa lista ruim, quando aparecia em 20º lugar entre as cidades mais violentas. Em 2016, apareceu em 30º lugar, indo para 38º em 2017 e finalmente ficando no 48º lugar neste ano. O indicador para o ranking é a quantidade de homicídios por 100 mil moradores – que obviamente caiu no período, não a ponto de se ter paz e sossego, mas o bastante para que se aviste uma retração suficiente para se ter um pouco de esperança em dias mais tranquilos, algo que não se experimenta tão facilmente em periferias de cidades como o Rio de Janeiro e São Paulo, com uns dez mil cadáveres produzidos por homicídio todos os anos, mas fora da lista das cidades mais violentas do Brasil, segundo a ONG mexicana.

Dr. Pessoa é dos políticos do Piauí o mais querido no Facebook. Tem 102 mil seguidores. (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)
Dr. Pessoa é dos políticos do Piauí o mais querido no Facebook. Tem 102 mil seguidores. (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)

“Nova Ceasa”
Quem foi na manhã de sábado à “nova Ceasa” espantou-se com guardas de trânsito multando quem estava estacionado por lá. Espantoso que um local privado tenha um agente público aplicando multas legalmente estabelecidos para locais públicos e não para locais de uso público.

Marquetagem
Wilson Martins (por enquanto no PSB) tem usado sua conta no Instragram para dar dicas médicas na área de neurologia. Parece somente isso, mas as postagens indicam que o homem quer deixar de ser o “trator”.

Mídias sociais
Aliás, todos os políticos que vão concorrer às eleições deste ano estão esforçando equipes para trabalhar com mídias sociais. Há um especial cuidado com o aplicativo WhatsApp.

Ranking
Entre os candidatos a senador, Ciro Nogueira é quem tem mais seguidores no Facebook. Sua página tem 25,5 mil seguidores. Regina Sousa (PT), Wilson Martins (PSB) e Robert Rios (por enquanto no PDT) têm cada uma 5 mil “amigos” em perfis pessoais. Regina conta ainda 4,7 mil seguidores – o que eleva seus curtidores a 9,7 mil.

Campeões
Se entre os candidatos a senador somente Ciro Nogueira parece ter dado importância ao Facebook, entre os candidatos a deputado federal – com ou sem mandato – a rede social está bombando.

Multidão
Os dez deputados federais do Piauí, mais três suplentes que assumiram os mandatos na atual legislatura, somam 369 mil curtidores em suas páginas. Somente um dos dez deputados – Paes Landim – não tem página no Facebook. Seu perfil conta com 4,7 mil amigos.

Cinco mais
Os deputados com mais curtidores em suas páginas no Facebook são Júlio César (73 mil), Assis Carvalho (68 mil), Iracema Portella (55 mil), Rejane Dias (31 mil) e Átila Lira (24 mil).

Lanterna
A seguir vêm Heráclito Fortes (21 mil), Fábio Abreu (21 mil), Marcelo Castro (11 mil). O suplente Silas Freire, ainda no exercício do mandato, conta 39 mil seguidores no Facebook, enquanto Maia Filho, também suplente, tem 12 mil, três mil a mais que Flávio Nogueira, que esteve em 2016 como deputado federal na vaga de Marcelo Castro.

Queridinho
O deputado com mais seguidores no Facebook no Piauí é Dr. Pessoa (PSD), com 102 mil. O mais próximo dele é o também deputado estadual Georgiano Neto (PSD), com 79 mil, seguido por Flávio Nogueira Filho (PDT), que tem 61 mil seguidores.

Os outros
Fabio Novo (PT) bastante ativo em redes sociais, limita-se a 13 mil e Luciano Nunes, que quer ser candidato do PSDB ao governo, tem 11 mil seguidores no Facebook, três vezes menos que outro deputado estadual tucano, Marden Meneses, com 33 mil seguidores.

Campeões
Entre os que se propõem a disputar o governo estadual, Wellington Dias está bem na foto se a aferição for pelo número de seguidores no Facebook: 240 mil. É quase duas vezes o número de seguidores do tucano Firmino Filho. O prefeito de Teresina tem 126 mil “curtidores” em sua página.

Ping Pong

Serventia da vaca

João Evangelista de Souza, o lendário Mãocheinha, vende uma vaca leiteira para o deputado maranhense Lauro Barbosa, pelos idos dos anos 60. O deputado se engraçou da vaca ao vê-la, no curral da fazenda de Mãocheinha, produzindo bastante leite durante a ordenha matinal. O deputado, entretanto, não sabia que a vaca era cega, apesar do seu dono ter avisado que a bicha tinha um 'defeito'. No dia seguinte ao transporte da vaca para sua cidade natal, Parnarama, no Maranhão, o deputado volta a se encontrar com Mãocheinha.
O deputado: Mas compadre, você me vendeu uma vaca cega?"
Mãocheinha: "Mas eu lhe avisei que ela tinha um defeito..."
O deputado: "O problema é que ela está se batendo lá no curral..."
Mãocheinha: "Ô compadre, você quer uma vaca para dar leite ou para fazer crochê?"

Originalmente publicado em 2 de janeiro de 2003

 

 

Expressas

Robert Rios quer que sejam instalados painéis solares em escolas e hospitais. Apresentou projeto de lei com a proposta.

 

Essa ideia frequentou as páginas do programa de governo de Wellington Dias em 2014. Caiu no esquecimento.

Aliás, plano de governo é mais ou menos como plano de saúde: a maioria dos que fazem não quer usar.