Fernando Henrique, o coveiro do PSDB

Os movimentos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso nos últimos dias, lançando de forma ostensiva o nome do apresentador de TV Luciano Huck, como uma novidade no pleito presidencial de outubro próximo, queimando com essas ações a candidatura natural do presidente nacional do PSDB, Geraldo Alkimin, o coloca como o verdadeiro coveiro do partido criado por Franco Montoro e Mario Covas e José Serra .

Montoro e Covas e Serra, vendo o fisiologismo do PMDB crescer a cada eleição, resolveram criar um partido político inspirado na social democracia Européia.

Contudo, o PSDB, ao ser derrotado em quatro sucessivas eleições presidenciais e com um candidato sem muito apelo popular-Geraldo Alkimin- fez com que o guru tucano Fernando Henrique, lançasse mão de um outsider, como uma alternativa, para que o PSDB nacionalmente não continue a definhar eleitoralmente a cada eleição.

A tal candidatura presidêncial de centro- que teria em Geraldo Alkimin, como um  nome de consenso-  perde força a cada dia, principalmente em decorrência dessa idéia estapafurdia de FHC, em colocar em evidência alguém, sem nenhuma credencial para dirigir uma nação atolada em problemas de toda ordem como o Brasil.

Entre ter sucesso na telinha como apresentador de um programa de variedades e ter sobre às suas costas, os destinos de uma nação continente como o Brasil, cria-se uma distância abissal.

É isso.