Diretoria presta contas das atividades realizadas em 2017 pelo Fórum do Timon

São dados e ações realizadas pelo Fórum em 2017.

Juiz Francisco Soares Reis Junior: diretor o Fórum
Juiz Francisco Soares Reis Junior: diretor o Fórum

Em sucinto quadro em PDF a Justiça de Timon apresenta sua prestação de contas das atividades jurisdicionais executados pelo Fórum de Timon, que tem como Diretor o Juiz Francisco Soares Reis Junior. As atividades estão relacionadas ao ano de 2017 e são mais uma demonstração da transparência que o fórum sempre teve com a sociedade timonense.

Na prestação de contas em números, o Fórum apresenta toda a produtividade da comarca e de suas Varas e Juizado Especial pontuando entre as realizações de cada em quadro demonstrativo.

Dados estatísticos do Fórum de Timon
Dados estatísticos do Fórum de Timon

A prestação de contas observa que, tendo em vista a recente instalação da Vara da Fazenda Pública de Timon, em 27 de novembro de 2017, não foi possível aferir os dados estatísticos da referida unidade no ano de 2017. A Vara da Fazenda Pública recebeu por redistribuição mais de 3.000 processos, oriundos da extinta 2ª Vara de Família (Fazenda Pública), hoje Vara da Infância e Juventude e da 1ª Vara Cível (Improbidade Administrativa), unidades que já informaram os dados referentes à tramitação destes processos antes da citada transferência.

Além disso, são grifadas, na prestação de contas, as atividades sociais realizadas nas datas comemorativas aliadas às ações de integralidade  entre servidores, juízes e a sociedade.

A prestação de contas cita também os investimentos em busca da melhoria das ações do Fórum como segurança, Revitalização dos jardins interno e externo e o plantio de novas árvores; Reativação do ato cívico de hasteamento das bandeiras; Reestruturação do estacionamento do Fórum; Inauguração da Brinquedoteca; Inauguração da Sala de Convivência; Instalação da Vara da Fazenda Pública; Inauguração da sala da PGE; Inauguração da Sala de Conciliação das Varas Cíveis e a Nova sede do Juizado Especial Cível e Criminal.