Onze governadores rejeitam convite para jantar de Temer

Representantes de diversos Estados, inclusive de partidos aliados, não estarão presentes.

Plano de Michel Temer para conseguir apoio em troca de benefícios econômicos, o jantar com governadores na noite desta terça-feira (13) no Palácio da Alvorada teve 11 convites rejeitados, informa o Drive, newsletter do site Poder360.

Mesmo com a promessa de condições facilitadas para pagar dívidas com bancos oficiais (BNDES, Banco do Brasil e Caixa), representantes de diversos Estados – inclusive de partidos aliados – não estarão presentes.

De acordo com o Drive, ao menos esses governadores recusaram o convite: Beto Richa (PSDB-PR), Camilo Santana (PT-CE), Confúcio Moura (PMDB-RO), Flávio Dino (PC do B-MA), Paulo Câmara (PSB-PE), Paulo Hartung (PMDB-ES), Renan Filho (PMDB-AL), Ricardo Coutinho (PSB-PB), Rui Costa (PT-BA), Wellington Dias (PT-PI).

O Amazonas, que teve governador e vice cassados em maio pela Justiça eleitoral, não deve ter representante no jantar. Minas Gerais, governado por Fernando Pimentel (PT-MG), e Acre, por Tião Viana (PT-AC), ainda são dúvida.