Governador quer alterar lei que obriga bancos a ter portas giratórias para Correios não fechar agências

João de Deus: pedido do governador para evitar o fechamento de agências
João de Deus: pedido do governador para evitar o fechamento de agências

O governador Wellington Dias (PT) pediu ao líder do governo na Assembléia, deputado João de Deus, uma análise sobre a possibilidade de alteração da lei estadual que obriga bancos e agências postais a instalarem portas giratórias com detector de metais em todos os locais de atendimento público para dificultar a ação de assaltantes. A intenção do governador é dispor de argumento para convencer a direção da Empresa Correios e Telégrafos a não fechar mais de 100 agências no Piauí, o que tornará o atendimento à população, principalmente aposentados, muito complicado. Segundo João de Deus, o governador vê essa decisão como um prejuízo para o estado. A lei é de autoria da deputada Flora Isabel e foi aprovada em dezembro de 2012. Em 2015, o Tribunal Superior do Trabalho confirmou uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho no Piauí determinando que o Correio instalasse mecanismos de segurança em todas as suas agências. Como a direção da empresa acha que esses equipamentos são muito caros, já que precisam de manutenção, achou melhor diminuir a quantidade de agências. Na tarde desta segunda-feira (19) uma reunião no Palácio de Karnak foi realizada para analisar que pontos da lei podem ser alterados e continuar em vigência.