Tudo o que você precisa saber para adotar uma criança

De 2015 a 2016, o número de adoções no Brasil disparou de 571 para 1476

Niel Patrick Harris, seu esposo Gideon Scott Burtka-Harris, e os filhos adotados Harper Grace Burtka-Harris (Foto: Reprodução/ Instagram)
Niel Patrick Harris, seu esposo Gideon Scott Burtka-Harris, e os filhos adotados Harper Grace Burtka-Harris (Foto: Reprodução/ Instagram)

O processo requer muita paciência e amor dos futuros pais.De 2015 a 2016, o número de adoções no Brasil disparou de 571 para 1476 , Segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça. Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Minas Gerais são os estados com mais adotantes e o número só cresce. São 39.952 mil pretendes e 8.419 crianças e adolescentes aptas à ganharem novos pais de presente. E se você quer ser um deles, saiba que o processo requer muito amor e paciência.

"Os procedimentos são os mesmos para heterossexuais e homossexuais, sejam solteiros ou casados", afirma Hélio Ferraz, advogado especializado em adoção."O primeiro passo é procurar a Vara da Infância e Juventude mais próxima da residência para início do processo de habilitação para adoção", completa.

O advogado explica que, nesse período de habilitação, serão feitas entrevistas com psicólogos e assistentes sociais para avaliar a capacidade de realização da adoção. O (s) pretende(s), que devem ter acima de 18 anos e 16 anos a mais do que o órfão, respondem um questionário com o perfil da criança pretendida. Trata-se de um cadastro com muitos detalhes e variantes

Nele, será avaliada a capacidade emocional e financeira dos futuros pais. "Não se busca um 'monge tibetano' nem um milionário, porém é necessário estabilidade emocional e financeira para a adoção", conta Ferraz.

 Angelina Jolie adotou 3 crianças e teve 3 biológicos. Imagina organizar todo mundo pra foto? (Foto: Getty Images)
Angelina Jolie adotou 3 crianças e teve 3 biológicos. Imagina organizar todo mundo pra foto? (Foto: Getty Images)

Após todo esse processo, se aprovado, o pretendente entra no Cadastro Nacional de Adoção. O tempo de validade do registro do adotante no CNA dura dois anos. Após esse período, é necessária uma atualização nas informações. Desde 2014, estrangeiros também podem ser habilitados.

O tempo na fila de espera varia de acordo com a região da Vara da Infância e com as características físicas buscadas pelos adotantes. No Nordeste, por exemplo, os futuros pais aguardam menos, são 500 dias na fila. Já no Sudeste, Sul, e Cento Oeste, o tempo na fila dura em média 1200 dias. A região onde os pretendentes têm que ter mais paciência é a Norte, por lá a espera dura 2000 dias.

Ansiedade. Essa é a maior inimiga do adotante. "Lidar com expectativas e frustrações durante todo o processo é, sem dúvida, a maior dificuldade. Vale a pena contar com um psicólogo nessa etapa", aconselha o advogado.

Hugh Jackman adotou duas crianças, Ava e Oscar (Foto: Getty Images)
Hugh Jackman adotou duas crianças, Ava e Oscar (Foto: Getty Images)