Hora de perder os quilinhos a mais

Aquele projeto que nunca sai da lista: EMAGRECER!

Olááá pessoas!

Com essa coisa de feriado, a pessoa até esqueceu que tem blog né HAHA...

Primeiramente FELIZ 2018 pra nós e que a gente conquiste muitas realizações neste ano!

E é exatamente sobre isso que quero começar falando: REALIZAÇÕES.

Gente, não sei vocês, mas todo início de ano a primeira coisa que penso é: Novo ano, projetos novos e um que nunca sai da lista é EMAGRECER! Acho que também tem muito essa coisa de Carnaval chegando, tem que tá com o corpinho em dia, tudo mais, mas todo cuidado é pouco por que só o que tem é dieta e até comprimidos que se dizem milagrosos e que podem prejudicar a saúde.

Eu, por exemplo, não estou comendo bem esses dias e as consequências já são perceptíveis. Até porque é complicado a pessoa querer emagrecer comendo só comida industrializada, não comer uma fruta/legume/verdura e nem praticar atividade física. Aí força né gata!

Eu depois das festas de fim de ano...
Eu depois das festas de fim de ano...

Pensei em fazer uma dietazinha, comer saudável, aí ouvi falar naquela dieta Low Carb (Baixo Índice de Carboidrato) que restringe fortemente o consumo de carboidratos, reduzindo sobremaneira o seu consumo.

Ela prioriza os carboidratos de baixo valor glicêmico e até emagrece, mas ao mesmo tempo tem a questão dos efeitos colaterais (Fraqueza, sono, cansaço), daí eu fiquei com medo por que se eu já sinto sono normalmente imagine fazendo uma dieta dessas.

Pirâmide Low Carb
Pirâmide Low Carb

Mas é aquela coisa, dieta, seja ela qual for, tem que ser feita com o acompanhamento de um profissional da área da Nutrição, então a primeira coisa que fiz foi agendar consulta com uma nutricionista pra saber se essa dieta era recomendável pra mim, afinal cada organismo tem suas necessidades.

Eu confesso que nunca tive uma boa experiência indo ao nutricionista. Acho que porque sempre espero um que me diga que não tem problema eu continuar comendo meu chocolate (será que é tão difícil assim?).

Bem isso...
Bem isso...

Mas tudo bem, como eu disse... Ano novo, vida nova, vamos tentar. Fui até lá e até fiquei feliz com a demora que ela atendia os pacientes. Sinal de que ela conversava bastante, tirava dúvidas e passava um cardápio daqueles que você nem sente que está fazendo dieta.

Infelizmente a primeira coisa que ela me disse foi que a Low Carb não era recomendável pra mim e me passou a dieta que inclusive deve ser aliada a algum exercício físico (ainda não decidi qual). O que gostei mesmo foi ela ter me receitado um remédio fitoterápico pra diminuir minha vontade de comer doce.

É dica que você quer?

Vou contar pra vocês um pouco do que a médica me receitou e que ela passa para a maioria dos pacientes (com algumas alterações), mas vale relembrar, que a ida ao nutricionista é primordial e não é bom seguir uma dieta sem saber se ela é própria pro seu organismo.

Olha só o que a nutricionista me passou:

- Fazer seis refeições ao dia;

- No café trocar o leite comum pelo em pó desnatado, o pão branco pelo integral, o açúcar pelo adoçante/açúcar mascavo; o queijo normal pelo ricota ou minas

- O lanche da manhã fruta ou iogurte grego (light/zero gordura);

- No almoço dar preferência pelo arroz integral ou batata doce ao invés do arroz branco (segundo ela arroz só faz engordar), feijão, carne magra (frango/peixe) e salada tanto a crua quanto a de legumes. Uma coisa que não sabia... Comer só a salada crua faz mal por que o organismo vai sentir falta das outras vitaminas.

- No lanche da tarde uma fruta ou suco, detalhe, outra coisa que não sabia: O suco de laranja pode ajudar e muito na dieta, mas ao invés de fazer ele puro (só a fruta) o recomendável é usar uma laranja e acrescentar água. A mesma coisa o suco de limão (esse precisa do adoçante). Ah e uma boa opção pra quem não gosta de comer a fruta (como eu) é bater só a melancia no liquidificador;

- Ainda no lanche da tarde a nutricionista disse que eu podia optar ou pelo biscoito (integral), ou torrada. Também dá pra misturar a aveia ou chia com o beiju (tapioca pros mais chiques) ou cuscuz de milho ao invés do de arroz. E tem o mingau de aveia (AFF, só uma canela em cima pra melhorar o gosto).

- Já no jantar ela disse pra repetir o café da manhã e na ceia (antes de dormir) só um copo de leite (digo é valha) ou iogurte.

A pergunta que não quer calar: cadê meu chocolate. Brincando, claro que vou ficar só na vontade [talvez só uma trufinha no final de semana? Não? Ok!].

Além da dieta ela passou aquelas velhas recomendações como evita frituras, alimentos gordurosos, refrigerante, bebida alcoólica, salgados, sorvete, nem meu Nescau gente! Também pediu pra beber no mínimo dois litros de água por dia e incluir chás, além de alimentos ricos em fibras e temperos que possam melhorar o sabor das preparações como alho, cebola, coentro, canela, orégano e etc.

Como eu disse, a maioria dessas coisas a gente já sabe, agora o negócio é seguir, mas vamo que vamo.

Então é isso gente, segura na mão de Deus e vai...Essa é a dieta que eu devo seguir, e vocês? Qual a meta pra esse ano? Já tem aí um projeto em mente? Tá fazendo uma dieta parecida? Já está dando certo? Conta pra mim... Quero incentivo! HAHA...

Beijos!