Fifa suspende Cardona por 5 jogos e multa em R$ 66 mil após gesto racista em jogo

O time da casa bateu os sul-americanos por 2 a 0 no dérbi

A Fifa decidiu banir por cinco jogos o colombiano Edwin Cardona pelo gesto racista do meio-campista após jogo contra a Coreia do Sul. Durante a partida amistosa contra os asiáticos, o jogador puxou as têmporas para ficar com os olhos apertados — um comportamento considerado ofensivo e discriminatório pelos oponentes e pelo mundo do futebol. O time da casa bateu os sul-americanos por 2 a 0 no dérbi.

Cardona fez gesto racista Foto: Reprodução/Twitter
Cardona fez gesto racista Foto: Reprodução/Twitter

O colombiano poderá cumprir a punição em jogos amistosos e, assim, deverá estar livre para se juntar a James Rodríguez e companhia na Copa do Mundo da Rússia, em 2018. O primeiro jogo da nação latino-americana é contra o Japão, em 19 de junho.

Meia do Boca Juniors, Cardona também foi multado em 20 mil francos suíços (R$ 66,2 mil) em função do incidente, ocorrido no mês passado, em Seul. Na ocasião, o jogador se desculpou pelo gesto e alegou que não tinha a intenção de ofender.

"Sobre o que aconteceu hoje (há um mês), não foi a minha intenção faltar com o respeito a alguém, a algum país ou raça. Se alguém se sentiu ofendido e assim interpretou, peço desculpas. Pelo contrário, somos muito agradecidos às pessoas da Coreia, por como nos trataram desde o primeiro dia. Foi espetacular. Lamento que, em uma situação de jogo, tenham mal interpretado dessa maneira", frisou o meio-campista após a repercussão.

Mais lidas nesse momento