"Gosto de jogar no Morumbi, e convido a torcida para nos apoiar"

Primeiro reforço para 2018, Jucilei revela saudade do estádio tricolor e projeta disputa da temporada

“Gosto de jogar no Morumbi, e convido a torcida para acompanhar o jogo e nos apoiar no final de semana. Particularmente, já estou com saudade de jogar em casa de novo”. As palavras de Jucilei durante a entrevista coletiva desta sexta-feira (19), no CT da Barra Funda, mostram que o volante está ansioso para atuar novamente diante do torcedor são-paulino.

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net
Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

O reencontro da equipe com o Estádio Cícero Pompeu de Toledo será na noite deste sábado (20), às 19h, diante do Novorizontino pela segunda rodada do Campeonato Paulista. “O torcedor e nós queremos a vitória. Acredito que Dorival vai entrar com time titular, mas não são só 11. Todo elenco tem chance de ser titular. Acredito que nessa partida o São Paulo vai com força máxima”, afirmou o meio-campista, que completou.

“Todos os campeonatos são importantes. O torcedor merece coisa melhor. Vamos entrar com tudo e fazer o possível para conseguir ganhar os jogos. Todos os campeonatos são importantes. Esse também, porque o São Paulo está há muito tempo sem vencer. Queremos muito ser campeões paulistas e dar alegria ao torcedor, que tanto nos apoiou em 2017. É o primeiro campeonato e queremos entrar com força máxima”, analisou.

O jogador, que no final da temporada passada concluiu a sua permanência no clube após o período de empréstimo do Shandong Luneng-CHN, assinou um novo vínculo válido pelas próximas quatro temporadas. O volante chegou ao São Paulo no início de 2017, emprestado pelos chineses até o final do ano, e rapidamente se firmou no time.

Seguro na marcação e com boa saída de jogo, além de uma postura sempre comprometida que mostrou o seu profissionalismo, o meio-campista se tornou uma das principais figuras da equipe e encerrou o ano exaltado pelas arquibancadas.

“Espero fazer um bom trabalho, assim como fiz em 2017. Quero ajudar os companheiros. Infelizmente brigamos para não sermos rebaixados, mas este ano será diferente. Tem vários líderes: Rodrigo Caio, Petros e eu, que falo pouco, mas tenho liderança como exemplo. Sou profissional e isso é tido como liderança. Quero fazer um 2018 maravilhoso e colocar o São Paulo onde ele merece”, avaliou o volante, que projetou a disputa da temporada.

“O São Paulo está forte, sim. Acredito que 2018 será um ano diferente. Não queremos passar pela situação de 2017 e queremos os nossos objetivos, que são os títulos. Todos os campeonatos são importantes. Queremos muito ser campeões paulistas e dar alegria ao torcedor, que tanto nos apoiou em 2017. É o primeiro campeonato e queremos conquistá-lo”, finalizou.

Mais lidas nesse momento