Prefeitura interdita Avenida Henry Wall de Carvalho para obra de adutora

Usuários do transporte público podem ficar tranquilos, pois não haverá mudança nos pontos de parada

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) interditou totalmente a Avenida Henry Wall de Carvalho neste sábado (13) para que a a empresa Águas de Teresina possa dar continuidade ao serviço de uma adutora feita pela empresa. O trafégo de veículos no local será proibido até este domingo (14). 

Com o isolamento foi proibido, desde às 6h de hoje, o trafégo no sentido Sul/Centro da Henry Wall, especificamente no trecho entre a empresa White Martins e a Avenida Juarez Távora. A interdição será realizada até ás 23h, tanto hoje, como amanhã. 

Neste sábado a interdição é no sentido Centro/bairro. Desse modo, os ônibus que vierem do Centro com destino aos bairros da zona Sul vão dobrar à direita, na Rua A (em frente a empresa White Martins). Em seguida, dobra à direita, na Rua D (em frente ao 6º Batalhão) e depois dobra à esquerda na Rua C, acessando, a Avenida Juarez Távora ou a Avenida Henry Wall de Carvalho.

No domingo (14), a interdição será no sentido bairro/Centro. Nesse dia, os ônibus que vierem da zona Sul com destino ao Centro da cidade deverão dobrar à direita, na Avenida Juarez Távora. Em seguida, à esquerda, na Quadra 49, seguindo até a Rua 19 de Novembro, retornando a Avenida Henry Wall de Carvalho.

De acordo com o gerente de planejamento da Strans, Denilson Guerra, nesse período da interdição, as linhas da zona Sul farão um percurso diferente, entretanto os usuários podem ficar tranquilos, pois não haverá mudança nos pontos de parada. “O serviço será realizado no sábado (13) e domingo (14), por isso a expectativa é que o transtorno seja o menor possível, mas, mesmo assim, alertamos para que as pessoas evitem a área interditada”, acrescentou.

Guerra reforça que foi feita toda uma programação para evitar transtorno para as pessoas. “Pedimos a colaboração das pessoas para que o serviço seja feito sem causar maiores problemas, pois a obra está sendo realizar para melhorar a vida de todos”, finalizou.

Mais lidas nesse momento