Morre aos 52 anos a ex-primeira-dama de Bocaina, Sória Portela

Ela estava internada em um hospital particular de Teresina desde o início do mês e o causa da morte ainda não foi divulgada

A ex-primeira dama de Bocaina, Sória Maria Portela de Deus, de 52 anos morreu na manhã deste sábado (20/01). Ela estava internada em um hospital particular de Teresina desde o início do mês e o causa da morte ainda não foi divulgada.

Bancária aposentada da Caixa Econômica Federal, agência de Picos, Sória Portela era esposa do ex-prefeito e ex-presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Francisco de Macêdo Neto, o Macedão, atual diretor da Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina. Na eleição em 2016 ela se candidatou a prefeita de Bocaina pelo PT, obtendo nas urnas 2.169 votos, o equivalente a 43,90%. O vencedor do pleito foi Erivelto de Sá Barros (PSB).

Sória Portela de Deus deixa viúvo o médico radiologista Francisco Macêdo e órfãos de mãe os acadêmicos de Medicina, Guilherme e Álvaro Portela Macêdo.

O corpo de Sória Maria foi transladado de Teresina para Picos por via aérea, devendo ser velado até o final do dia. O sepultamento deve acontecer ainda hoje.

Mais lidas nesse momento