Sistema Integrado de Saneamento Rural beneficiará municípios do território Entre Rios

O Sistema Integrado de Saneamento Rural é executado atualmente em três estados brasileiros: Piauí, Ceará e Bahia

O governador Wellington Dias recebeu, nesta segunda-feira (18), o coordenador de Fomento ao Saneamento Rural, Gilberto Medeiros. O gestor apresentou ao chefe do executivo piauiense o projeto de expansão do Sistema Integrado de Saneamento Rural do Piauí (Sisar) para três municípios da região Entre Rios: Monsenhor Gil, José de Freitas e Nazária.

A proposta é que o sistema de abastecimento das zonas rurais desses municípios, normalmente administrados pela Agespisa, ou pela prefeitura, passe a ser gerido pela própria comunidade, através da implementação de um moderno sistema de gestão. Em um primeiro momento, a comunidade deve ser instruída por meio de um trabalho de educação ambiental e sanitária, seguido de atividades técnicas sobre a gestão do sistema.

A iniciativa prevê que a Coordenadoria de Saneamento Rural dividirá a administração do sistema com as associações de moradores locais. O regime tarifário aplicado é utilizado para cobrir os custos dessa gestão.

O Sistema Integrado de Saneamento Rural é executado atualmente em três estados brasileiros: Piauí, Ceará e Bahia. No Piauí, o modelo já dá resultados na região do Território Vale do Guaribas, na região de Picos, onde cerca de 50 municípios são administrados dessa maneira.

“O Piauí tem sido exemplo nesse modelo de gestão. Recentemente, nós recebemos um prêmio de uma fundação latino-americana, o que resultou em uma doação de R$ 100 mil para implantarmos dois sistemas na região de Inhuma. É um programa que está dando certo e vem se espalhando não só pelo Brasil, mas por toda a América Latina”, destaca Gilberto Medeiros. A deputada estadual Belê também participou da reunião.